XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia

0
499

Robô ajuda dermatologistas em implante de cabelos

Implante capilar com auxílio de robôs, novos lasers contra as olheiras e as mais modernas tecnologias para tratamento de doenças da Pele são destaques no XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica

Evento realizado na Costa do Sauípe, na Bahia, entre os dias 17 e 21 de abril, vai mostrar os principais avanços e as novas tendências em tratamentos e técnicas da Cirurgia Dermatológica e irá reunir alguns dos maiores especialistas do Brasil e do mundo

Entre os assuntos que serão discutidos no evento, estão algumas das principais queixas que os pacientes apresentam nos consultórios. Especialistas do Brasil e do mundo vão trocar informações sobre qual a abordagem indicada para cada uma dessas queixas.

Queda de Cabelos
No que diz respeito ao tratamento para calvície, o Congresso da SBCD vai mostrar aos especialistas a grande tendência no assunto: o transplante capilar feito por robôs. O método que acabou de chegar ao Brasil promete um resultado mais preciso no procedimento e sem deixar cicatrizes no paciente. A apresentação do método fica por conta da dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, Dra. Leila Bloch.

Como coordenadora do Simpósio de Cirurgia de Pele e Mucosas do Congresso da SBCD, a especialista ainda aborda outros assuntos do evento: quando indicar o transplante capilar em mulheres, as peculiaridades no paciente com menos de 30 anos e o transplante de sobrancelhas.

Laser e outras tecnologias
Popularizado por celebridades e destaque em segmentos de notícias , original – às vezes excêntrico – tratamentos de beleza a base prometem a fonte da juventude . Enquanto alguns estudos iniciais de pesquisa têm mostrado estes tratamentos da moda para ser eficaz , os dermatologistas continuam cautelosos sobre recomendá-los sobre terapias comprovadas , que têm sido mais extensivamente estudadas e podem fornecer resultados mais duradouros .

Como coordenadores do Simpósio Laser e seus Desafios a Dra Valeria Campos e o Dr Alexandre Fillipo avaliam as técnicas controversas como o LED para estimular o crescimento de cabelos e discutem as mais modernas como a técnica BBL (Broad Band Light) para rejuvenescimento da pele e o uso do sol para tratar câncer de pele.

Olheiras
O XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica também apresenta novidades para os pacientes que querem manter a pele sempre jovem e saudável e corrigir alguns dos problemas mais comuns, uma dessas novidades é o Fotoeyes – uma combinação de lasers que atua no combate às olheiras.

A associação dos lasers Nd Yag e Erbyum Smooth é a mais nova alternativa para quem não quer o rosto com aspecto cansado e com olheiras. As olheiras podem ser consequências de noites mal dormidas, alergias ou excesso de sol, elas se caracterizam pelo escurecimento e pelo inchaço da pálpebra inferior dos olhos e são causadas pela concentração anormal de vasos sanguíneos ou de melanina na região.

Apesar de muito comum na população, o tratamento das olheiras é de difícil. “ O Nd Yag é aplicado em três tipos de pulso: o FRAC (ultracurto) atua sobre os pigmentos melânicos; o normal age sobre a área vascular; e o pulso longo estimula a retração de fibras musculares e a elevação das bochechas, o que diminui a largura das olheiras”, explica Dr. Aldo Toschi, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Este tipo de tratamento, o médico indica para pacientes mais jovens.

Para o tratamento de olheiras em pacientes mais velhos, o especialista vai apresentar no Congresso os resultados da associação do Erbyum Smooth pulse ou fracionado. Para as pessoas mais maduras, além do Nd Yag, o especialista recomenda a associação do Erbyum smooth pulse ou fracionado. “O Erbyum smooth pulse age de modo subablativo, retraindo a pele e melhorando a espessura da derme, o que dá firmeza às pálpebras mais flácidas”, explica Dr. Aldo Toschi.

O Fotoeyes, que será apresentado do Congresso, é indicado para todos os tipos de olheiras, independentemente de causa ou aspecto e o tratamento, que dura em média de três a seis sessões, não tem restrição de idade.

Novas Tecnologias
A tecnologia é uma das grandes aliadas dos dermatologistas no tratamento e diagnóstico precoce de doenças e é fundamental na manutenção de uma pele mais jovem. Durante o Congresso, algumas novidades em lasers serão discutidas pelos participantes. Pacientes com sudorese das axilas, por exemplo, poderão ter o quadro revertido de maneira indolor e confortável. As micoses de unhas crônica, que atualmente são tratadas por medicamentos via oral, terão solução por meio da tecnologia.

No âmbito estético, o foco das novidades está no tratamento da gordura localizada, com um novo método de criolipólise dupla, com resultados melhorados por fibra óptica. O aparelho com nova ponteira de microagulhas vai auxiliar na diminuição das estrias. Para o rosto, a novidade é o rejuvenescimento dos lábios com laser – o resultado é o aumento dos lábios e a eliminação das linhas que ficam ao seu redor.

“Abordaremos também tratamentos com tecnologias voltadas para a gordura localizada e flacidez corporal, além de uma abordagem multidisciplinar da região genital. O XXVII Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica foi pensado desde o ano de 2013 para mostrar o que há de mais importante e promissor dentro da cirurgia dermatológica”, explica o presidente do XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, Dr. Paulo Barbosa.

O rejuvenescimento da genitália, ainda pouco falado no Brasil será outro destaque do Congresso. A palestra sobre o assunto fica por conta da cirurgiã dermatologista, Dra. Shirlei Borelli.

O evento terá ainda novidades exclusivas como a tecnologia de laser ablativo fracionado para rejuvenescimento que consegue introduzir as substâncias na pele potencializando o tratamento. Além de tratamentos com micro ondas eletromagnéticas que atinge tecidos ricos em água para eliminar a gordura e estimular o colágeno da pele.
Outras novidades que o XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica vai apresentar envolvem: os novos usos da toxina botulínica; os usos de nutracêuticos e cosmecêuticos; e o diagnóstico e tratamento do câncer da pele.

Serviço
XXVII Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica
Data: 17 a 21 de abril de 2015
Local: Centro de Convenções do Sauipe Park – Rodovia BA 099 – Km 76
Horário: 9h às 18h
Site: http://www.bahia2015.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/SBCDerm
Twitter: https://twitter.com/sbcderm

O Congresso
http://www.bahia2015.com.br/
O Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica ocorre anualmente desde 1989 e é o único evento científico da especialidade no Brasil. As inovações e a busca por novidade sempre foram uma importante característica do evento: cursos práticos e workshops com demonstração de modalidades terapêuticas e cirúrgicas fazem parte da programação do congresso da SBCD, por exemplo. Em mais de 20 anos de história, o Congresso já passou por locais como Curitiba, Brasília e Campos do Jordão.

A SBCD
A Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) é a segunda maior sociedade da especialidade do mundo, com 1800 associados. Fundada em 1988, a SBCD divulgou a subespecialidade médica pelo Brasil e impulsionou o reconhecimento da Cirurgia Dermatológica como uma das mais importantes áreas de atuação do dermatologista. A promoção da prática, do ensino, da pesquisa e o treinamento científico dos especialistas são algumas das missões da SBCD.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here